quarta-feira, 10 de maio de 2017

AS CARTAS DE AMOR



AS CARTAS DE AMOR
Todas as cartas de amor  podem ser ridículas para o poeta, para as meninas que batalham no Juá, não, era matar saudade, um pouco de afeto verdadeiro. Mas como escrevê-las? Rua do Buraco, onde existia uma bica comunitária colocada pelo Prefeito para aliviar um pouco do sofrimento daqueles moradores, foi ali que elas conheceram  uma menina de nove anos alfabetizada, que sabendo por terceiros passou a escrever as tais missivas, que às vezes apanhava da mãe preconceituosa, mas continuava firme na sua generosidade. As cartas eram enviadas marcadas por beijos feitos de batom vermelho, e juras de amor eterno.

Nenhum comentário: